Megadeth

(1 imagens)

Sobre

Megadeth é um grupo musical norte-americano liderado por Dave Mustaine.

O grupo foi formado em 1983, dissolvido em 2002, e voltou a formação em 2004. O grupo foi um dos pioneiros no estilo Thrash Metal, porém com a evolução do estilo as batidas cruas são substituídas por um som mais complexo e trabalhado fazendo com seus principais albuns estejam entre os melhores de todos os tempos do Heavy Metal.

Pouco depois de Dave ter se retirado do Metallica (onde ele era o guitarrista solo) junto com o baixista David Ellefson, formou o Megadeth. Dave tornou-se o vocalista e o principal letrista das canções do grupo, bem como primeiro guitarrista. A banda rapidamente expandiu-se com o baterista Gar Samuelson e o guitarrista temporário Kerry King (do grupo Slayer). No mesmo ano, King foi substituído por Chris Poland.

História

O guitarrista Dave Mustaine fundou a banda em 1983, após ter se retirado do Metallica por problemas de personalidade e também por causa do álcool. Seus antigos companheiros mandaram Mustaine para casa numa viagem de carro de 48 horas. No percurso, Dave leu num panfleto político o término das "megadeath" (megamortes, unidade de medida equivalente a um milhão de mortes humanas nas guerras). A partir daí, surgiu uma das maiores bandas de Thrash Metal de todos os tempos. Há rumores de que Dave tenha formado a banda por apenas uma suposta "dor de cotovelo", por ter sido expulso da banda que gostava, porém, com vários motivos, diz o próprio em uma entrevista a uma revista americana.

Início

Após a saída do Metallica, Dave procurou músicos em todos os cantos dos Estados Unidos. Devido a seu passado, integrante do Metallica, Dave obteve maior facilidade, então. Poucas semanas depois, a primeira formação do Megadeth foi formada. Era Composta por Dave Mustaine,Dijon Carruthers, David Ellefson e Greg Handevidt. Esta formação chegou a fazer alguns shows juntos, mas não durou muito tempo, pois Dave não achou Greg e Dijon competentes para continuar com o Megadeth. Meses depois a primeira versão oficial do Megadeth foi formada com Mustaine, o baixista David Ellefson, o guitarrista Chris Polland e o baterista Gar Samuelson. Com Poland, Mustaine, Samuelson e Ellefson tocando, o Megadeth lançou o demo Last Rites e em 1985 o primeiro e excelente Killing Is My Business... And Business Is Good, com excepcional aceitação do público e da mídia.

Após lançarem Peace Sells... But Who's Buying em 1986 Chris Polland e Gar Samuelson foram despedidos da banda por Mustaine, sendo substituídos pelo guitarrista Jeff Young e pelo baterista Chuck Behler. Essa formação lançou um novo álbum intitulado So Far, So Good... So What! com destaque para a música In my Darkest Hour, que foi por 3 meses a mais tocada nas rádios americanas.

Infelizmente naquela época o relacionamento de Mustaine com os membros do grupo não era muito bom. Ele sofria de dependência de drogas, e foi preso algumas vezes por isso. Um dia a polícia prendeu-o com oito tipos de drogas injetáveis. Após isso ele teve que ser internado em uma clínica de reabilitação.

Formação Rust in Peace

Poucos meses depois Mustaine dizia-se um novo homem e reformulou a banda que era composta pelo guitarrista Marty Friedman e o baterista Nick Menza.

Esta formação lançou o Álbum Rust In Peace, um sucesso de vendas em todo o mundo, e por várias semanas entre os TOP 10 dos Estados Unidos. Este álbum é considerado um classico do thrash metal, e alguns o apontam, ao lado de Master Of Puppets do Metallica, como o melhor de toda história desse estilo.

Em 1992, lançaram Countdown To Extinction também um grande sucesso comercial. O destaque vai para a música Symphony of Destruction que é a mais conhecida do público.

Youthanasia, lançado em 1994, manteve o bom nível do álbum anterior, e a música A tout le monde foi por quase 1 ano a mais tocada nas rádios dos Estados Unidos. No mesmo ano Dave acabou a briga com Hetfield e o Metallica tocou com o Megadeth várias vezes. Em meados dos anos 90, foi tentado uma reunião com a formação "quase original" do Metallica, com James Hetfield no vocal, Dave Mustaine na guitarra solo, Lars na bateria e o lugar de Cliff Burton seria ocupado por David Ellefson. Mas os contactos entre os empresários não deram certo.

No ano 95 lançaram o álbum Hidden Treasures que agradou o público mas a mídia não deu muita atenção.

Em 1997 o Megadeth lançou Cryptic Writings, um álbum de "volta às origens" com músicas que lembram toda a carreira da banda: "She-Wolf", "Trust", "Secret Place", "Vortex", "FFF", "Almost Honest", "The Desintegrators"

Nesse mesmo ano Nick Menza saiu da banda, os motivos são desconhecidos. Muitos dizem que um câncer no joelho o tirou da banda. Ele foi substituido por Jimmy DeGrasso.

Risk?

Em 1999, a banda lançou o polêmico álbum Risk, que continha músicas semi-eletrônicas. Este álbum desiludiu muitos fãs da banda e foi um fracasso crítico e comercial. Destaque para a música "Crush Em'" que foi tema do filme Soldado Universal. Um dos fãs assumidos que a banda ganhou, foi o ator Jean-Claude van Damme, que hoje é um grande amigo de Dave Mustaine.

Mustaine previa que o álbum Risk seria o último do guitarrista Marty Friedman. Até hoje não se sabe ao certo o motivo de sua saída, a versão oficial é de que ele não queria mais tocar em nenhuma banda, e sim criar uma longa carreira solo, o qual vem dando certo até hoje. Para o seu lugar foi escalado Al Pitrelli ex-guitarrista da banda Savatage.

Era o ano de 2001, e a banda lançava o polémico álbum The World Needs a Hero. Este teve muito boa aceitação. Uma curiosidade é que a banda foi barrada ao entrar na Malásia para fazer um show. O motivo foi que causava má conduta e deixava os jovens visivelmente modificados.

Encerramento temporário

No dia 3 de abril de 2002 Dave decide encerrar temporariamente o Megadeth por problemas em um nervo no braço. Naquela época ele entrou em crise com David Ellefson, o baixista da banda. Houve muitas brigas, inclusive judiciais. Em meio de todas essas confusões, Mustaine relança o álbum Killing Is My Business... And Business Is Good!, com novas faixas.

Volta triunfal

Era o ano de 2004, e todos pensavam que a banda ia encerrar definitivamente as suas atividades. Mas Dave Mustaine conseguiu recuperar do seu problema no nervo e anuncia o reínicio da banda. Ainda lançam mais CD remasterizados e com faixas novas.

Na metade do ano 2004, o Megadeth lança o álbum The system has failed para alguns o segundo melhor da história do grupo. As letras eram ótimas e faziam ataques ao atual governo americano. Chris Poland (guitarra), Vinnie Colaiuta (bateria) e Jimmy Lee Sloas (baixo) completaram a banda.

Após as vendas do novo álbum serem melhores de que o esperado, Mustaine anuncia uma tour pelo mundo inteiro. Chama o guitarrista Glen Drover e seu irmão Shawn Drover para a bateria. O baixista foi James MacDonough. Em 11 de outubro de 2005, a banda veio tocar no Brasil.

Em Fevereiro de 2006, o então baixista MacDonough foi despedido por Mustaine. Boatos na internet sugeriram a volta de David Ellefson, que fez as pazes com Dave um mês antes. Todos queriam isto menos ele. Chamou o baixista James LoMenzo.

Ainda em 2006 a banda lançou o novo DVD entitulado Arsenal of Megadeth que está muito bem nas vendas nos Estados Unidos e no Brasil. Os planos para 2007 são vários. Em março, a banda lançou um DVD entitulado That One Night, Live in Argentina. United Abominations, o novo álbum de estúdio, saiu em maio e desponta como o retorno da banda às suas raízes, e vem fazendo muito sucesso entre os fãs do mundo inteiro.

Recentemente, a banda lançou uma nova coletânea, entitulada Megadeth Warchest na qual traz 4 CD's com grandes músicas da banda, incluíndo inéditas e um DVD bonus de um show.

No dia 14 de Janeiro de 2008, Mustaine anunciou oficialmente a saída de Glen Drover por motivos particulares. O escolhido para substituir Glen foi o ex-guitarrista do Nevermore, Chris Broderick.

Com Chris Broderick na guitarra, a banda lançou em 2009 o excepcional Endgame, que até agora teve muito boa aceitação da mídia e do público, sendo considerado um dos melhores albuns já lançados pelo Megadeth. Provavelmente um dos melhores albuns da história do Thrash Metal.

No dia 8 de Fevereiro de 2010, Mustaine anuncia a volta do baixista original David Ellefson, que integrara a banda desde seu início até 2002.

Atuais membros

* Dave Mustaine - Vocalista ,Guitarra solo e base (1983-2002, 2004-)

* Chris Broderick - Guitarrista solo (2008-)

* David Ellefson (1983 - 2002, 2010 - atualmente)

* Shawn Drover - Bateria (2004-)

Antigos membros

Guitarristas

* Greg Handevidt - Segunda guitarra (1983-1984)
* Kerry King - Segunda guitarra (1984)
* Chris Poland - Segunda guitarra (1984-1985, 1985-1987)
* Mike Albert - Segunda Guitarra (1985)
* Jay Reynolds - Segunda guitarra (Ínicio de 1986)
* Jeff Young - Segunda guitarra (1987-1988)
* Marty Friedman - Segunda guitarra (1990-1999)
* Al Pitrelli - Segunda guitarra (2000-2002)
* Glen Drover - Segunda guitarra (2004-2008)

Baixistas

* James MacDonough(2004-2006)
* James Lomenzo - Baixo (2006 - 2010)

Bateristas

* Dijon Carruthers (1983)
* Lee Rausch (1983)
* Gar Samuelson (1984-1985)
* Chuck Behler (1987-1988)
* Nick Menza (1989-1998)
* Jimmy DeGrasso (1998-2002)

Músicos temporários

Estes três músicos gravaram o cd The System Has failed com Mustaine, mas não continuaram na banda.

* Chris Poland - Segunda guitarra (The System Has Failed)
* Jimmy Sloas - Baixo (The System Has Failed)
* Vinnie Colaiuta - Bateria (The System Has Failed)

OBS: O site oficial dos Megadeth não reconhece esta formação como oficial mas sim como temporária.

Projeto Paralelo

No ano 1996, Dave Mustaine, juntamente com Lee Ving, o vocalista da banda LA Punk Fear, formam o projeto paralelo ao Megadeth. A esse se dá o nome de MD.45. MD são as inicias de Dave Mustaine ao contrário, e 45 são as iniciais de Lee Ving, (LV) em números romanos invertidos. Jimmy DeGrasso "que futuramente iria fazer parte do Megadeth" era o baterista e Kelly Lemieux no baixo, completavam a formação. O grupo lançou em 1996 um álbum The Craving. Em 2004, este foi regravado mas dessa vez com Dave Mustaine nos vocais

Temas das músicas

Desde o seu início, o Megadeth tem um tema que expoem com grande frequência nas suas músicas. Guerra - o que já é bem explicito no nome da banda. Nas músicas "Set The World Afire" e "Gears of War" ,Mustaine expõe os problemas de uma guerra nuclear. As músicas "Architecture of Aggression" e Hangar 18, mostram temas militares, que quase sofreram censura. A conheçida, Holy Wars... The Punishment Due fala sobre a guerra em Israel, e as consequencias do sangrento combate. Peace Sells.., fala sobre a paz mundial, cada vez mais afetada pelos políticos, que não se interessam por ela. Mas as músicas mais polêmicas na verdade, falam sobre suícidio. O videoclipe da música In my darkest hour foi banido da MTV mundial, porque passava esta mensagem. O mesmo aconteceu com a música "A tout le monde" , que apesar de não ser sobre o suicido é intrepretada por muitos como sendo.

Outros temas comuns nas músicas são política e relacionamentos.

* DISCOGRAFIA:

Albuns de estúdio:

* 1985- Killing Is My Business... And Business Is Good!
* 1986- Peace Sells... But Who's Buying?
* 1988 - So Far, So Good... So What!
* 1990 - Rust in Peace
* 1992 - Countdown To Extinction
* 1994 - Youthanasia
* 1995 - Hidden Treasures
* 1997 - Cryptic Writings
* 1999 - Risk
* 2000 - Capitol Punishment: The Megadeth Years
* 2001 - The World Needs A Hero
* 2002 - Rude Awakening
* 2002 - Still Alive... And Well?
* 2004 - The System Has Failed
* 2005 - Greatest Hits: Back to the Start
* 2007 - United Abominations
* 2009 - Endgame

Remasterizados e Remixados

* 2002 - Killing Is My Business... And Business Is Good
* 2004 - Peace Sells... But Who's Buying?
* 2004 - So Far, So Good... So What!
* 2004 - Rust In Peace
* 2004 - Countdown To Extinction
* 2004 - Youthanasia
* 2004 - Cryptic Writings
* 2004 - Risk

Videografia

* 1991- Rusted Pieces
* 1992 - Exposure of a Dream
* 1995 - Evolver: The Making of Youthanasia
* 2001 - VH1: Megadeth, Behind the Music Extended Version
* 2002 - Rude Awakening (Live)
* 2004 - Peace Sells... But Who's Buying? DVD Audio
* 2005 - Video Hits
* 2006 - The arsenal of Megadeth
* 2007 - That One Night (Live in Argentina)
* 2007 - Warchest - Show
* 2008 - Blood in the Water (Live in San Diego)

Videoclips

* Peace Sells
* Wake Up Dead
* In My Darkest Hour
* Anarchy in the UK
* Holy Wars... The Punishment Due
* Hangar 18
* Symphony of Destruction
* Foreclosure of a Dream
* Skin O' My Teeth
* High Speed Dirt
* Go to Hell
* Symphony of Destruction (Edited Gristle Remix)
* Train Of Consequences
* No More Mr. Nice Guy
* Sweating Bullets
* 99 Ways to Die
* Angry Again
* A Tout Le Monde
* Reckoning Day
* Trust
* Almost Honest
* A Secret Place
* Insomnia
* Crush 'em
* Breadline
* Moto Psycho
* Die Dead Enough
* Of Mice And Men
* Kill the King
* A Tout Le Monde(Set Me Free) *Com Cristina Scabbia
* Never Walk Alone
* Head Crusher

Links

last.fm

Próximos concertos de Megadeth

Sem concertos agendados

Publicidade
Comentários
RSS Feed
  • RSS Adicione o RSS de Megadeth
Últimos concertos